domingo, 11 de dezembro de 2011

Dia 11/12 – Meu livro favorito em 2011

Eu apelidei esse livro de "O livro infinito", porque eu nunca conseguia terminá-lo, ou melhor, eu não queria terminá-lo... Ele é super fininho, tem somente 124 páginas, mas elas são tão densas e incrivelmente poéticas que eu levava dias para absorvê-las. Para tanto, eu lia e relia as mesmas páginas, fazia isso em silêncio e outras vezes em voz alta, eu saboreava as palavras. E eu acho que essa era a proposta da escritora Muriel Barbery no livro A morte do gourmet.


O livro conta a história de Pierre Arthens, um crítico de gastronomia renomado que tem somente algumas horas de vida. E em seus últimos momentos, deitado em seu leito de morte, ele tenta relembrar o gosto de algo que comeu há muitos anos. Nessa jornada em busca do misterioso gosto, somos conduzidos a uma deliciosa viagem pelo mundo dos sabores. Eu posso dizer que literalmente comi com os olhos ao ler cada página.

A mesma autora também escreveu A elegância do ouriço, um outro livro fantástico, o qual lhe rendeu reconhecimento e uma adaptação do livro para o cinema. Recomendo todos, os dois livros e o filme.

Um comentário:

Larissa Bohnenberger disse...

Ai, ai, mais um. E lá vou eu pelo segundo meme das antigas consecutivo adquirir livros indicados pelos demais participantes. Assim não dá, vocês estão me levando à falência. Rsrsrsrsrsrs!

Bjs!